Última hora

Última hora

Epidemias podem agravar saldo de vítimas do terramoto de domingo

Em leitura:

Epidemias podem agravar saldo de vítimas do terramoto de domingo

Tamanho do texto Aa Aa

Um paraíso transformado em inferno. Cinco dias depois do terramoto, a Indonésia, a Tailândia e o Sri Lanka temem uma crise sanitária.

Milhares de mortos encontram-se ainda por enterrar nos países mais afectados pelo sismo de domingo. O acesso difícil a zonas remotas na ilha de Sumatra, ou nos arquipélagos indianos faz temer o aparecimento de epidemias nestas regiões. A organização Mundial de Saúde lançou um apelo internacional, sublinhando que as cheias nas zonas costeiras podem favorecer o aparecimento de doenças como a malária, a cólera ou a febre tifóide. A destruição de milhares de casas criou um ambiente favorável ao aparecimento de epidemias como a pneumonia. Uma situação agravada pela falta de infraestruturas hospitalares. Segundo a OMS serão necessários quarenta milhões de dólares para pôr a funcionar a máquina de ajuda às vítimas, que se encontra sobrelotada em algumas regiões dado o número elevado de pessoas afectadas pelo sismo. Entre as medidas preventivas, apontadas pelos médicos, encontra-se o envio de roupas, redes de mosquito, cobertores, produtos de purificação de àgua, ou medicamentos para combater a desidratação dos pacientes.