Última hora

Última hora

Espectacular onda de solidariedade internacional

Em leitura:

Espectacular onda de solidariedade internacional

Tamanho do texto Aa Aa

Menos de uma semana após a catástrofe do Índico, as Nações Unidas receberam promessas de dois mil milhões de dólares, equivalente a 1,5 mil milhões de euros, de ajuda sob diversas formas. Nunca até agora a comunidade internacional tinha sido tão generosa e de forma tão rápida.

Jan Egeland, secretário-geral adjunto da ONU, diz que as doações chegam de mais de quarenta países. O Japão prometeu quinhentos milhões de dólares, o que é a maior contribuição feita até agora, como faz questão de afirmar, evocando a competição de solidariedade. A ajuda humanitária começa a chegar às populações afectadas. O atraso deve-se,sobretudo, aos acessos impraticáveis e falta de combustível para camiões. Por exemplo, na província de Aceh, no norte da ilha indonésia de Sumatra, a única solução são os meios aéreos, do exército americano e indonésio, mas também da Austrália, para distribuir ajuda a dezenas de milhar de desalojados. Entre os mais de cinco milhões de pessoas a precisar de ajuda, a ONU chama atenção para as mulheres grávidas. São cerca de cento e cinquenta mil em toda a região e um terço tem parto previsto nos próximos três meses. O trauma, a falta de bens básicos e a ausência de estruturas ameaçam complicar o nascimento da próxima geração.