Última hora

Última hora

Alemanha é o doador mais generoso dos Vinte e Cinco

Em leitura:

Alemanha é o doador mais generoso dos Vinte e Cinco

Tamanho do texto Aa Aa

Contas feitas às promessas de apoio financeiro, a União Europeia torna-se num dos mais importantes contribuintes oficiais de ajuda para as vítimas da catástrofe na Ásia.

Isto porque a Alemanha reviu a ajuda e, de pouco mais de 20 milhões de euros,subiu para 500 milhões, a serem entregues num período máximo de cinco anos. O governo de Berlim decidiu multiplicar por 25 o valor da ajuda porque a sociedade civil alemã provou ser a mais generosa de todas, com uma contribuição de 150 mil milhões de euros num espaço de dez dias. Dinheiro que não é contabilizado como ajuda oficial. O chanceler alemão Gerhard Schroeder anunciou as boas notícias depois de uma reunião com o Conselho de Ministros. Voltando às contas: à ajuda alemã, de 500 milhões, juntam-se cerca de 300 milhões já oferecidos pela União Europeia, o que dá 800 milhões. Em caso de necessidade, a União pode desbloquear outros 275 milhões. Ao todo são mais de 1000 milhões de euros. Números demasiados abstractos para o comum mortal, mas mesmo assim não suficientes para retirar o sudeste asiático da crise em que involuntariamente emergiu. Uma resposta inaudita para uma catástrofe como poucas vezes o mundo viu.