Última hora

Última hora

Phuket à luz de vela para lembrar vítimas do tsunami

Em leitura:

Phuket à luz de vela para lembrar vítimas do tsunami

Tamanho do texto Aa Aa

Na Tailândia acenderam-se milhares de velas para lembrar as vítimas de uma catástrofe de proporções dantescas.

Um estádio da ilha de Phuket serviu de ponto de encontro para uma vigília onde se lembraram os amigos e familiares perdidos na tragédia, bem como todos aqueles afectados pelo tsunami. A Tailândia foi um dos países mais atingidos. Mais de 5 mil pessoas perderam a vida, metade das quais turistas. De todos as nações devastadas, o cenário só piora no Sri Lanka, onde as vítimas mortais já ultrapassam as 30 mil, e na Indonésia, com 90 mil mortos. Na província indonésia de Aceh, o cenário é de destruição total. Cidades e povoações foram apagadas do mapa, isoladas pela água e as populações carecem de infraestruturas básicas. Só na ilha de Sumatra, mais de 500 mil pessoas estão desalojadas. O trabalho de recuperação adivinha-se gigantesco e moroso. Para já, uma das urgências continua a ser recuperar todos os cadáveres e enterrá-los. O risco de epidemias está perigosamente na ordem do dia e pode ainda fazer bastantes mais vítimas.