Última hora

Última hora

Mais uma criança sobrevivente da catástrofe asiática

Em leitura:

Mais uma criança sobrevivente da catástrofe asiática

Tamanho do texto Aa Aa

Murali Dharan é mais um sobrevivente da catástrofe de há 12 dias, que varreu o sudeste asiático. Tem 12 anos e conta a sua história nas ilhas Andamão e Nicobar. Murali diz que subiu a uma palmeira, mal viu as ondas gigantes a aproximarem-se. Depois viu o mar a destruir-lhe a casa e a levar-lhe os pais. E foi em cima da palmeira que ficou durante 10 dias, sem comida nem água potável. Na quarta-feira desmaiou e caiu. Foi salvo pelo exército indiano.

Os médicos dizem que está bem, dentro do possível, mas aconselham-no a comer devagar. De acordo com os cálculos das autoridades, mais de 50 mil crianças perderam os pais há 12 dias no sudeste asiático.