Última hora

Última hora

Ajuda humanitária continua a chegar a zonas devastadas da Ásia

Em leitura:

Ajuda humanitária continua a chegar a zonas devastadas da Ásia

Tamanho do texto Aa Aa

As atenções no sudeste asiático concentram-se na ajuda humanitáriaque vai chegando às zonas devastadas pelo sismo de 26 de Dezembro.

O porta-aviões USS Abraham Lincoln, ancorado ao largo da ilha de Sumatra, serve de base às operações de ajuda, que se desenrolam na área mais gravemente atingida pelo Tsunami. Segundo fontes militares norte americanas, os cerca de 17 helicópteros do navio já descarregaram mais de 200 toneladas de mantimentos. A ajuda vai chegando de outros países, a Espanha anunciou este Sábado o envio de cinco aviões, um navio anfíbio e 650 militares para a Índonésia, o que representa apenas uma pequena parte da ajuda prometida por mais de quarenta estados em todo o mundo. As Nações Unidas continuam a avaliar as proporções da catástrofe provocada pelo sismo. Coffi Annan iniciou um périplo asiático para se inteirar dos estragos. Depois da indonésia o secretário geral da ONU rumou ao Sri Lanka onde as autoridades locais já avaliaram as necessidades de reconstrução em mais de 1,3mil milhões de dólares. Enquanto se calculam os custos da reconstrução que incluem algumas das zonas turísticas mais procuradas na Ásia, os registos de vídeo amador continuam a mostrar-nos novas imagens da tragédia.