Última hora

Última hora

UE e EUA vão negociar subsídios à Airbus e à Boeing

Em leitura:

UE e EUA vão negociar subsídios à Airbus e à Boeing

Tamanho do texto Aa Aa

A guerra que opõe a Boeing à Airbus pode estar perto de uma solução. A União Europeia e os Estados Unidos chegaram a acordo para que haja negociações sobre os subsídios a atribuír às construtoras aeronáuticas.

A Comissão Europeia anunciou, esta tarde, que o assunto vai ser resolvido com conversações e não com um litígio na Organização Mundial do Comércio (OMC), onde ambas as partes tinham apresentado queixa em Outubro. Durão Barroso diz que a Comissão está à procura de uma solução de compromisso e que o comissário para o Comércio, Peter Mandelson, vai encontrar-se com as autoridades norte-americanas para tentar chegar a uma solução. O conflito que opõe as duas construtoras aqueceu em Outubro, quando os Estados Unidos apresentaram uma queixa na OMC sobre os subsídios pagos à Airbus. Os norte-americanos argumentam que a construtora já não precisa deste dinheiro, pago no âmbito de um acordo assinado em 1992. A União Europeia respondeu e queixou-se dos subsídios pagos à Boeing pela administração norte-americana. Quando tudo apontava para um litígio, as duas partes decidiram sentar-se à mesa e tentar resolver tudo, renegociando os subsídios. Isto a uma semana da Airbus apresentar o novo A380 e numa altura em que a Boeing prepara a nova estrela, o avião de médio porte 7E7, também chamado Dreamliner. Este novo aparelho tem o voo inaugural previsto para 2007.