Última hora

Última hora

Comboios parcialmente parados em Itália

Em leitura:

Comboios parcialmente parados em Itália

Tamanho do texto Aa Aa

Trabalhadores ferroviários italianos estão a cumprir uma greve de 24 horas. A paralização começou às 21 horas locais de domingo e prolonga-se até à mesma hora desta segunda-feira.

Os trabalhadores exigem maior número de linhas ferroviárias, melhorias nas comunicações entre os responsáveis dos comboios e das estações e o aumento do número de funcionários. Mas a greve não terá criado grandes entraves ao transporte de pessoas e mercadorias. Segundo a companhia Ferrovia do Estado, apenas 14% dos funcionários aderiram à paralisação, mas segundo o SULT, o sindicato que convocou a greve, a adesão atinge os 90% dos seus associados. Os outros sindicatos do sector dissociaram-se desta iniciativa por considerarem que as medidas exigidas têm de ser profundamente discutidas com a direcção do grupo ferroviário nacional, que se encontra em fase de privatização. Na origem deste protesto está o acidente ocorrido no passado dia 7 de Janeiro, quando um comboio de mercadorias e um de passageiros colidiram na linha Verona-Bolonha, no Norte do país. O acidente provocou a morte a 17 pessoas e ferimentos em várias dezenas.