Última hora

Última hora

Fiat e GM prolongam mediação

Em leitura:

Fiat e GM prolongam mediação

Tamanho do texto Aa Aa

A Fiat não vai, para já, exercer a opção de venda da divisão automóvel à General Motors. A mediação entre os dois grupos vai prolongar-se até ao início de Fevereiro.

Segundo uma cláusula do acordo de parceria, a construtora italiana pode, a partir desta segunda-feira, obrigar a GM a comprar todo o capital da Fiat Auto, mas os norte-americanos não estão interessados no negócio. O presidente da Fiat, Sergio Marcchione, tem estado a negociar com os norte-americanos em Detroit. O acordo entre os dois grupos foi assinado em 2000. A GM comprou então 20% da Fiat Auto, em troca de acções. Mais tarde, desfez-se de metade mas pode agora, mais precisamente a partir do dia 2 de Fevereiro, ter de comprar o resto da divisão automóvel da Fiat, que atravessa uma situação financeira difícil, com dívidas e prejuízos. Quando a Fiat e a GM assinaram a parceria, ambos os grupos estavam de boa saúde económica, o que não é agora o caso. Depois de um plano de choque para reequilibrar as contas, a Fiat espera voltar aos lucros no próximo ano – uma meta difícil, já que as vendas estão em queda. A GM Europa também já conheceu melhores dias e vai, até ao próximo ano, eliminar mais de 10.000 postos de trabalho.