Última hora

Última hora

Microsoft renuncia a recurso sobre o Media Player

Em leitura:

Microsoft renuncia a recurso sobre o Media Player

Tamanho do texto Aa Aa

A Microsoft não vai recorrer da sentença do Tribunal Europeu de Justiça e assim, nas próximas semanas, começará a distribuir, na Europa, uma versão do Windows sem o Media Player instalado. O que significa que vendedores e utilizadores de computadores poderão escolher qual o leitor multimédia que pretendem.

Esta foi a sanção decretada pela Comissão Europeia que, em Março do ano passado, condenou o gigante norte-americano da informática por abuso de posição dominante. A Microsoft já pagou uma multa recorde de 497 milhões de euros mas tinha pedido a suspensão da sanção sobre o Windows Media Player, o que o Tribunal do Luxemburgo recusou, numa decisão anunciada em Dezembro último. No entanto, a justiça europeia continua a analisar o dossiê principal: a Microsoft pediu a anulação pura e simples da decisão de Bruxelas. O caso deverá arrastar-se durante anos.