Última hora

Última hora

Ministros do turismo da ASEAN confiantes quanto a futuro do sector

Em leitura:

Ministros do turismo da ASEAN confiantes quanto a futuro do sector

Tamanho do texto Aa Aa

Apesar da catástrofe que atingiu o sudeste asiático, os países da região estão confiantes em relação ao futuro do turismo. O número de visitantes deve crescer. No entanto, o tsunami fez estragos importantes no sector.

Os ministros do turismo da ASEAN, organização de países do sudeste asiático, estiveram reunidos na Malásia para discutir a estratégia. O vice-ministro tailandês diz que “não deve demorar muito tempo até recuperar os turistas que foram perdidos por causa do maremoto e a indústria local do turismo deve ser a primeira a ser salva. As pessoas vão poder verificar, por elas próprias, que a situação voltou à normalidade”. Apesar do impacto do tsunami, as previsões apontam que os países da região recebam mais turistas este ano que no ano passado. Este sector, no sudeste asiático, está a recuperar da grave crise vivida em 2003 com a epidemia de pneumonia atípica. A Tailândia é um dos países mais afectados e deve perder, este ano, cerca de seiscentos milhões de euros em receitas turísticas. As agências de viagem estão confiantes que a boa-vontade dos europeus pode ajudar a que os números não sejam mais graves. Birger Backmann, conselheiro da Federação de Agências de Turismo, diz que “a maioria dos europeus sente que tem de ir lá para manter vivo o sector turístico da região. Existe um sentimento positivo, que é visível pela grande quantia que foi recolhida em donativos”. Os países da ASEAN têm um fundo de cem mil dólares, cerca de 76 mil euros, que deve ser utilizado numa campanha de marketing para atraír os turistas novamente à região.