Última hora

Última hora

Grupo de al-Zarqawi ameaça quem votar

Em leitura:

Grupo de al-Zarqawi ameaça quem votar

Tamanho do texto Aa Aa

A menos de uma semana das eleições no Iraque, o grito de guerra dos rebeldes de al-Zarqawi pode afugentar os eleitores. Os que ousarem ir às urnas estão ameaçados de morte, foi essa a mensagem do jordano que lidera a rede de Ussama bin Laden no Iraque, numa clara demonstração de força.

Apesar do clima de hostilidade que paira no ar, Bagdad é uma cidade onde a campanha eleitoral entusiasma os que não se deixam intimidar pelas ameaças. “Claro que irei votar, esperei por estas eleições toda a minha vida. É o fim da ocupação, o fim do terrorismo e o fim das horas difíceis para o povo iraquiano”, comenta um cidadão. Fallujah, a cidade sunita, receia a vitória dos partidos xiitas e os discursos radicalizam-se com o apelo ao boicote lançado por al-Zarqwai que, a verificar-se, pode pôr em causa o equilíbrio do poder do futuro executivo Dia 30 de Janeiro estão previstas medidas de segurança gigantescas para evitar a multiplicação de atentados e assegurar o regular funcionamento do escrutínio.