Última hora

Última hora

Médio Oriente na expectativa da trégua negociada por Abbas

Em leitura:

Médio Oriente na expectativa da trégua negociada por Abbas

Tamanho do texto Aa Aa

Mahmmud Abbas regressou à Cisjordânia com um acordo de tréguas negociado com os grupos radicais islâmicos. Há seis dias que o presidente palestiniano se encontrava em Gaza, tendo declarado que não partiria sem um compromisso para que cessem os ataques a Israel.

Falta o anúncio oficial, mas o optimismo demonstrado por Abbas à chegada a Ramallah deixa antever que saiu de Gaza com garantia do Hamas e de outros grupos radicais armados de que tem uma oportunidade para conseguir negociar com Israel. Abbas pede a Israel que, em contrapartida do cessar-fogo, ponha fim às operações militares e liberte prisioneiros palestinianos. O governo israelita reconhece a acalmia da violência no terreno, após o envio de milhares de polícias palestinianos para o Norte da Faixa de Gaza, e afirma que os seus soldados só agem em caso de ataque, ou seja, respondem às hostilidades. Mas enquanto espera para ver, Israel retomou a construção do controverso muro de segurança na Cisjordânia. Os trabalhos recomeçaram junto do colonato de Ariel, um dos traçados mais polémicos contestado pelos palestinianos, após vários meses de suspensão por ordem do Supremo Tribunal israelita.