Última hora

Última hora

Assassino de Theo Van Gogh começou a ser julgado

Em leitura:

Assassino de Theo Van Gogh começou a ser julgado

Tamanho do texto Aa Aa

Começou esta quarta-feira, num tribunal de Amesterdão, na Holanda, o julgamentodo assassíno confesso do realizador Theo Van Gogh.

O réu esteve ausente nesta primeira audiência. Sob Mohammed Bouyeri, de 26 anos, recaiem seis acusações: assassínio, tentativa de assassínio dos agentes da polícia que tentaram detê-lo; tentativa de assassínio contra transeuntes anónimos no local do crime; violação da legislação sobre uso e porte de arma, conspiração terrorista com vista a matar Theo Van Gogh e a deputada de origem somali Ayaan Hirsi Ali. Uma das questões-chave do julgamento é aliás determinar se o réu agiu sozinho. No passado dia 2 de Novembro, o polémico realizador, um crítico acérrimo do Islão, foi assassinado quando circulava de bicicleta numa rua de Amesterdão. O autor do crime disparou várias vezes sobre Theo Van Gogh e depois apunhalou-o. Após as declarações iniciais no quadro do inquérito policial Mohammed Bouyeri remeteu-se ao silêncio.