Última hora

Última hora

França paga 70 milhões de euros a produtores de vinho

Em leitura:

França paga 70 milhões de euros a produtores de vinho

Tamanho do texto Aa Aa

O Estado francês vai pagar quase 70 milhões de euros em subsídios aos viticultores.

A medida foi anunciada pelo ministro da Agricultura, Dominique Busserreau, que anunciou também um orçamento de 4,5 milhões de euros para promover as exportações. O vinho, um dos produtos mais emblemáticos de França, está a atravessar uma crise, causada pela queda na procura. As novas gerações estão a desinteressar-se do néctar dos deuses e as campanhas anti-álcool, tal como o endurecimento das leis sobre a alcoolemia ao volante estão também a fazer mossa. No ano passado, a produção do país foi de pouco menos de 60 milhões de hectolitros. Há 144.000 produtores e 240.000 trabalhadores envolvidos neste sector, que teve em 2003 uma facturação de 11 mil milhões de euros. Além dos problemas no mercado doméstico, que representa 70 por cento das vendas, o vinho francês enfrenta também uma crise ao nível das exportações. Depois de ter sido ultrapassado pelos vinhos do chamado “Novo Mundo” (Austrália, Chile e Estados Unidos), em termos de volume exportado, o vinho francês perdeu, no ano passado, o primeiro lugar no topo de vinhos estrangeiros bebidos no maior consumidor mundial – os Estados Unidos. Esse lugar é agora ocupado pela Itália, que está também à frente da França em termos de produção.