Última hora

Última hora

Mundo católico preocupado com internamento do Papa

Em leitura:

Mundo católico preocupado com internamento do Papa

Tamanho do texto Aa Aa

É apenas na rua que a tranquilidade reina após o internamento repentino de João Paulo II. Esta é a primeira vez desde Setembro de 2003 que o Sumo Pontífice anula o seu programa de trabalho, apesar da doença de Parkinson que o debilita e dificulta cada vez mais as suas viagens.

Um italiano afirma que vai rezar pelo Papa e unir-se no seu esforço para com os homens, porque tem procurado mudar o Mundo. Uma turista de nacionalidade polaca, a mesma que o Sumo Pontífice, espera que João Paulo II recupere rapidamente pois toda a gente gosta muito dele. As reacções ao internamento do Papa chegam de todo o Mundo. No México, os católicos afluíram às igrejas, como por exemplo à Catedral da Cidade do México, para rezar pela saúde do Sumo Pontífice, que visitou o país cinco vezes nos seus 27 anos de Pontificado. Um crente mexicano diz estar triste e relembra a energia e a vida que o Papatransmitiu durante as visitas. A hospitalização de João Paulo II é mais um dos indícios de que um dos mais longos e repletos pontificados da História pode estar a chegar ao fim.