Última hora

Última hora

O Vaticano desdramatiza o estado de saúde de João Paulo II

Em leitura:

O Vaticano desdramatiza o estado de saúde de João Paulo II

Tamanho do texto Aa Aa

“Não há razão para alarme”, afirmou o porta-voz da Santa Sé, Joaquin Navarro Valls, reforçando a informação anterior de que João Paulo II passou uma noite calma e começou esta manhã a ser submetido a exames médicos.

O Santo Padre, de 84 anos, foi internado ontem à noite no hospital de Gemelli, em Roma, vítima de uma grave infecção respiratória e não terá chegado a entrar na sala de reanimação, esclareceu o Vaticano para desmentir rumores sobre a extrema gravidade da situação, tendo explicado que durante a noite foi submetido a assistência respiratória que ajudou a estabilizar o seu estado de saúde.

O Papa inspirava cuidados especiais, desde domingo, dia em que terá contraído uma gripe que evoluiu agora para uma infecção aguda da traqueia e da laringe, mas a Santa Sé defende que o internamento de urgência se deu apenas como medida de precaução. No entanto, esta manhã, a imprensa dava conta do “estado preocupante” de sua santidade. Responsáveis hospitalares devem apresentar a qualquer momento o primeiro relatório médico oficial sobre a evolução do estado de saúde de João Paulo II.