Última hora

Última hora

Depois da ovelha Dolly a clonagem humana

Em leitura:

Depois da ovelha Dolly a clonagem humana

Tamanho do texto Aa Aa

Há nove anos a ovelha Dolly era o primeiro mamífero clonado a partir de uma célula adulta. Em Fevereiro de 2003 morreu vítima de uma doença pulmonar progressiva que afecta apenas as ovelhas mais velhas, mas a experiência ficou.

A equipa do professor Ian Wilmut, o pai da Dolly, foi agora autorizado pelo governo britânico a fazer clonagem de embriões humanos para fins terapêuticos, com o objectivo de curar doenças degenerativas como Alzheimer e Parkinson. “ O ser humano tem mudado o mundo ao longo dos tempos, e de forma geral, o resultado é bom. Temos hoje a garantia de vivermos uma vida mais saudável do que há 100 anos. E sei pelas sondagens efectuadas que uma grande maioria das pessoas apoia este tipo de investigação”, declarou o cientista. A comunidade internacional está muito dividida sobre esta matéria. Os Estados Unidos, seguidos de 50 outros países, defendem uma interdição total da clonagem humana. O governo britânico vai concedendo pequenas grandes excepções.