Última hora

Última hora

O ano do Galo ameaça agitar a China

Em leitura:

O ano do Galo ameaça agitar a China

Tamanho do texto Aa Aa

A partir desta quarta-feira os chineses entram no ano do Galo, de acordo com o calendário lunar ao qual estão associados doze animais e as respectivas características. Saídos do ano do Macaco, o país dá as boas-vinda são dadas agora ao colorido animal, exibicionistas e de humor instável segundo a crença, o que para este povo de velhos saberes significa que tudo de bom e de mau pode acontecer.

Para os astrólogos e advinhos o ano será muito agitado e cheio de surpresas boas e más. Entre as más prevê-se uma guerra entre a China e o Japão e entre as boas, ou nem por isso, o dirigente norte-coreano, Kim Jiong Il vai apaixonar-se por Condolezza Rice, uma profecia que a cumprir-se poderá resolver alguns problemas à administração Bush. Em anteriores anos do Galo, como em 1909 o Japão invadiu a Coreia, em 1933 Hitler chegou ao poder e em 1945 a Segunda Guerra Mundial acabou com duas bombas atómicas sobre o Japão.