Última hora

Última hora

ETA ataca em Madrid

Em leitura:

ETA ataca em Madrid

Tamanho do texto Aa Aa

Um atentado abalou esta manhã Madrid. A polícia espanhola confirma que se tratou da explosão de um veículo armadilhado. Pouco antes, uma chamada telefónica em nome da ETA para o jornal basco “Gara” avisava da ocorrência da deflagração. Após o alerta, a polícia deslocou-se para o local mas não chegou a tempo de controlar a explosão.

Segundo fontes dos serviços de socorro, há pelo menos 39 feridos ligeiros, embora duas dezenas tenham sido hospitalizados com contusões, crises de pânico e cortes provocados pelos vidros dos edifícios e veículos situados próximos da deflagração. Tudo ocorreu às 9h30 da manhã, menos uma hora em Lisboa, a cerca de 200 metros do centro de exposições Ifema, no Campo das Nações, norte de Madrid. O local seria visitado esta tarde pelo rei Juan Carlos, a rainha Sofia e o presidente mexicano, Vicent Fox, para a inauguração da Feira de arte contemporânea, Arco 2005. A organização decidiu, mesmo assim, manter o programa. O atentado ocorreu no mesmo dia de uma mega operação anti-terrorista em várias regiões de Espanha, que permitiu deter pelo menos 13 alegados membros da ETA, ligados ao recrutamento e logística da organização terrorista basca. As detenções tiveram lugar em Valência, Pamplona e Viscaya, no País Basco.