Última hora

Última hora

Rússia recusa acabar com cooperação nuclear com o Irão

Em leitura:

Rússia recusa acabar com cooperação nuclear com o Irão

Tamanho do texto Aa Aa

Apesar dos receios e avisos israelitas e americanos, a Rússia vai manter a cooperação nuclear com o Irão. O tema esteve no centro da reunião, no Kremlin, entre o presidente russo, Vladimir Putin, e Hassan Rohani, responsável iraniano do dossiê nuclear.

Os Estados Unidos defendem que a república islâmica pretende construir uma bomba atómica. Israel diz mesmo que a pode produzir até ao final do ano. Teerão afirma que quer apenas produzir electricidade. Hoje, Putin declarou que as últimas iniciativas do Irão o convenceram de que não pretende fabricar uma bomba atómica e, por isso, a Rússia vai continuar a cooperar em todos os sectores, incluindo o da energia atómica. Contudo, espera que o Irão respeite estritamente todos os acordos com Moscovo e com a comunidade internacional. Teerão e Moscovo vão assinar este mês um acordo sobre a restituição do combustível nuclear que a Rússia vai emprestar à central de Busherh, que está a ser construída pelos russos. O acordo teve na base a pressão americana que teme que o plutónio seja usado para fins militares, devido à ausência de controlo internacional sobre o programa nuclear iraniano.