Última hora

Última hora

ONU começa a investigar assassinato de Rafic Hariri

Em leitura:

ONU começa a investigar assassinato de Rafic Hariri

Tamanho do texto Aa Aa

A equipa que as Nações Unidas enviaram ao Líbano para investigar as circunstâncias da morte de Rafic Hariri já iniciou o trabalho em Beirute. O grupo é composto por apenas três elementos que se reuniram com o ministro libanês do Interior, que lhes prometeu total cooperação. Isto apesar de o governo do Líbano rejeitar um inquérito internacional e preferir um apuramento interno.

Peter Fitzgerald, responsável pela equipa da ONU, explicou que conta apresentar um relatório a Kofi Annan nas próximas quatro semanas. O secretário-geral irá, por sua vez, apresentar as conclusões ao Conselho de Segurança. A oposição libanesa quer conhecer essas conclusões o mais rapidamente possível, embora a responsabilidade seja, de antemão, imputada à Síria, que rejeita as acusações. Repetem-se os protestos nos quais se exige a retirada militar de Damasco que começou a mobilizar os soldados rumo à fronteira, apesar de não estar marcada uma saída definitiva.