Última hora

Última hora

Vaticano publica boletim clínico do Papa e procura tranquilizar fiéis

Em leitura:

Vaticano publica boletim clínico do Papa e procura tranquilizar fiéis

Tamanho do texto Aa Aa

João Paulo II, a recuperar da traqueotomia realizada ontem à noite, respira de forma autónoma e a situação pós-operatória é normal. Estes são os principais pontos do boletim clínico divulgado esta sexta-feira pelo Vaticano e pelo hospital Gemelli, em Roma.

Debilitado pela doença de Parkinson, que lhe limita os movimentos, o Sumo Pontífice, de 84 anos, foi submetido a uma cirurgia para o ajudar a respirar, na sequência da forte gripe que o afecta. Segundo o porta-voz do Vaticano, Joaquín Navarro-Valls, “O Santo Padre passou uma noite tranquila e repousante e esta manhã, com apetite, tomou opequeno-almoço”, composto por café com leite, iogurte e biscoitos. Tal como declarou mais tarde Nicola Cerbino, porta-voz do hospital Gemelli, Navarro-Valls afirmou que João Paulo II não sofre de pneumonia, que a situação pós-operatória é regular, que o Sumo Pontífice respira de forma autónoma e que o seu sistema cardio-vascular é normal. No entanto, o Papa não pode usar a voz durante alguns dias. Mas as declarações do Vaticano não conseguem tranquilizar os fiéis e não acabam com as especulações sobre a capacidade do Papa para governar a Igreja Católica e sobre a sua sucessão.