Última hora

Última hora

Doença isola o Papa do mundo e impede-o de cumprir as suas funções

Em leitura:

Doença isola o Papa do mundo e impede-o de cumprir as suas funções

Tamanho do texto Aa Aa

Um Papa sem voz vai, pela primeira vez no seu Pontificado, delegar noutro clérigo a oração de Angelus, tradicionalmente proferida em cada domingo na praça de São Pedro, em Roma.

João Paulo II, cuja comunicação com o exterior se limita a algumas frases escritas num bloco-notas, deverá acompanhar a cerimónia em directo do quarto do hospital Gemelli em Roma, não devendo apresentar-se à janela como o fez no início de Fevereiro. Segundo as autoridades religiosas, o Sumo Pontífice encontra-se em convalescença da traqueotomia a que foi submetido, respirando normalmente. Internado no local a que já chamou um terceiro Vaticano, o Papa recebeu durante o dia várias visitas de dignitários políticos e religiosos, italianos mas também polacos. O próximo boletim médico só será divulgado na segunda-feira e, entre a incerteza sobre a futura governação da Igreja e a fé relativa à recuperação do Papa, cada fiel inventa a sua forma de desejar as melhoras ao Santo Papa. Cantar a Avé Maria sob as janelas do hospital Gemelli foi a fórmula encontrada por um cantor lírico vindo expressamente da Albânia.