Última hora

Última hora

Barroso cumpre esta terça-feira 100 dias à frente da Comissão Europeia

Em leitura:

Barroso cumpre esta terça-feira 100 dias à frente da Comissão Europeia

Tamanho do texto Aa Aa

Uma imagem algo confusa e ainda não totalmente convincente marca os primeiros cem dias de Durão Barroso como Presidente da Comissão Europeia numa data que se cumpre precisamente esta terça-feira.

Os problemas de Barroso não começaram hoje. Em fins de Novembro, quando a Comissão foi investida, a clivagem politica fez-se logo sentir com a recusa do Parlamento em aceitar alguns comissários como por exemplo o polémico Butigglioni.Para a esquerda europeia Barroso tornou-se no estandarte de um libaralismo indesejado como nos diz Paul Magnette director do Instituto de Estudos Europeus de Bruxelas:
“ Durão Barroso tem um problema com a esquerda do Parlamento, onde existe uma enorme contradição, Barroso foi investido Pelos estados de centro direita, apoiado no Parlamento pelo grupo de centro direita e o seu programa legislativo só tem apoio nesta área politica. Barroso deverá agora fazer sólidos esforços para demonstrar que consegue ter o apoio dos socialistas europeus que já afirmaram que não lhe darão um apoio fácil”.

No cerne desta divisão o Liberalismo de Durão Barroso. Os socialistas querem mais politica social. Como diz o eurodeputado alemão social democrata Jo Leinen: “Nós esperamos mais e temos a esperança de que no actual debate sobre a Estratégia de Lisboa na próxima cimeira, seja já introduzida alguma legislação para que possamos encontrar um balanço” O habitual período de teste, ou de graça se preferirmos, terminou hoje. Apartir de agora as guerra politicas entre Parlamento e Comissão serão bastantes mais sérias e o futuro politico do ex-primeiro ministro português é uma verdadeira incógnita.