Última hora

Última hora

Polícia turca reprime violentamente defensores dos direitos das mulheres

Em leitura:

Polícia turca reprime violentamente defensores dos direitos das mulheres

Tamanho do texto Aa Aa

Pleno centro de Istambul. Mais de trezentos manifestantes concentraram-se junto à Câmara Municipal, para assinalar a chegada do Dia Internacional da Mulher, na próxima terça-feira, e relembrar a luta pelo direito à igualdade na Turquia. Apolícia ordenou a dispersão, alegando que o ajuntamento não tinha sido permitido. Cerca de uma centena de pessoas não desmobilizou. Seguiram-se cenas de violência que as autoridades terão certamente dificuldade em explicar num país que procura a integração europeia.

Para além das bastonadas e dos pontapés, a polícia utilizou gás lacrimogéneo. Mais de 60 pessoas foram detidas. Houve um outro protesto que começou pacificamente não muito longe, no qual as autoridades também intervieram.