Última hora

Última hora

Itália enterra o novo herói e interroga-se sobre circunstâncias da sua morte

Em leitura:

Itália enterra o novo herói e interroga-se sobre circunstâncias da sua morte

Tamanho do texto Aa Aa

Negligência ou emboscada, a dúvida paira sobre a morte de Nicola Calipari. O responsável dos serviços secretos italianos, alvejado mortalmente em Bagdade quando tentava salvar a jornalista Giuliana Sgrena, vai ser enterrado esta manhã em Roma.

Ao longo do fim-de-semana, milhares de italianos prestaram a última homenagem ao homem tratado agora como um herói, cujo corpo foi colocado em câmara ardente no monumento “Vittoriano” no centro de Roma, ao lado do túmulo do Soldado Desconhecido. No desfile de pessoas junto ao caixão as opiniões são antes de mais marcadas pela emoção: “É muito triste, para mim é como se tivesse morrido um familiar”, afirma uma mulher na longa fila à entrada do monumento “Vittoriano”. O fundador do jornal Il Manifesto, para o qual trabalha a jornalista Giuliana Sgrena, afirma: “Sinto uma profunda tristeza pela morte de um homem bom e corajoso, mesmo se sempre fui um crítico acérrimo da actuação dos serviços secretos nas páginas do jornal onde trabalho”. Outra mulher afirma ainda que Nicola, “era um grande italiano, um homem exemplar, particularmente, num país como Itália, onde nem sempre se defende a verdade e onde não há ninguém que tome a iniciativa”. Nas manchetes dos jornais a emoção dá lugar às dúvidas sobre as circunstânciasda morte de Calipari, alvejado pelo exército norte-americano quando acompanhava a refém italiana Giuliana Sgrena ao aeroporto de Bagdade. A jornalista, hospitalizada em Roma, fala de perseguição e de emboscada norte-americana, num artigo publicado ontem no diário comunista Il Manifesto. A maioria dos periódicos italianos prefere, no entanto, falar de negligência e do nervosismo dos soldados norte-americanos recém-chegados a Bagdade. Washington anunciara há dias a suspensão de um militar, acusado de matar dezenas de civis junto a um posto de controlo nos arredores de Bagdade.