Última hora

Última hora

Swiss e Lufthansa desmentem planos de fusão

Em leitura:

Swiss e Lufthansa desmentem planos de fusão

Tamanho do texto Aa Aa

A Swiss prevê eliminar entre 800 e 1000 postos de trabalho, até meados do próximo ano, para poder ter um resultado positivo no final de 2005. A atravessar graves dificuldades financeiras, a transportadora suíça, herdeira da falida Swissair, teve lucro pela primeira vez no último trimestre de 2004, apesar de fortes prejuízos no conjunto do ano.

Os números foram apresentados esta sexta-feira. Fala o presidente executivo, Christof Franz: “Conseguimos passar de um resultado negativo para núemros positivos, ao longo do ano passado. Há um ano, a imprensa dizia que estávamos a queimar um milhão de francos suíços por ano e provou-se que esses números estavam errados” A companhia desmentiu, entretanto, que estivesse em conversações para uma fusão com a alemã Lufthansa. Franz diz que só é possível uma aproximação quando a companhia estiver reestruturada. A Lufthansa também desmentiu que tivesse planos para comprar a Swiss. Apesar dos desmentidos, as acções de ambas as empresas fecharam em forte alta.