Última hora

Última hora

Orçamento britânico prêve crescimento superior ao europeu.

Em leitura:

Orçamento britânico prêve crescimento superior ao europeu.

Tamanho do texto Aa Aa

Número 11 de Downing Street. Como manda a tradição o Ministro Britânico das Finanças, Gordon Brown, mostra à imprensa a “Mala Vermelha” onde é guardado o orçamento, antes de ser apresentado publicamente.

No parlamento, Brown defendeu um crescimento da economia britânica para o corrente ano: “ A Grã-Bretanha vive hoje o maior período de crescimento económico desde 1701 o ano em que começaram os registos. O fundamento deste orçamento é o de manter a Grã-Bretanha estável e em crescimento” Na realidade, as estimativas de Londres apontam para um crescimento entre 3 a 3,5% contra as previsões da OCDE que prespectivam um crescimento de apenas 2,6%. Em 2004 a economia britânica cresceu 3,1%, uma cifra substancialmente superior à média europeia. Neste orçamento – que é o último antes das próximas legislativas apontadas para o início do próximo mês de Maio – os trabalhistas apostaram em números muito próximos dos cidadãos, com algumas reduções de impostos locais e aumentos em subsídios de saúde e de terceira idade. Segundo as últimas sondagens os trabalhistas encontram-se a apenas quatro pontos dos conservadores na intenção de voto depois de estarem com uma diferença de 12% nos últimos meses.Brown afastou ainda, esta quarta-feira, a possibilidade de uma reavaliação no exercício orçamental sobre o grau de preparação do país a uma eventual adopção do euro.