Última hora

Última hora

Israel rejeita proposta de paz dos líderes árabes

Em leitura:

Israel rejeita proposta de paz dos líderes árabes

Tamanho do texto Aa Aa

A cimeira da Liga Árabe, a decorrer em Argel, tem como principal motivo de interesse a proposta renovada de paz a Israel. Os líderes árabes procuravam oferecer a normalização das relações com o Estado hebreu, se este retirasse para as fronteiras que ocupava em 1967.

A proposta, que será apresentada nesta quarta-feira, antes do encerramento do encontro, foi reformulada a partir daquela que já tinha sido apresentada em 2002 e estabelece as condições para que todos os estados árabes possam declarar o termo do conflito israelo-árabe. O anfitrião da cimeira, o presidente argelino Abdelaziz Bouteflika, disse que “os árabes devem mostrar ao mundo as suas intenções de paz e apelou à união de todas as nações árabes”.

Mahmoud Abbas, o presidente da Autoridade Palestiniana, exortou Israel a cumprir com as suas obrigações e empenhamento no Roteiro para a Paz e nos acordos de Charm el-Cheik, mas o executivo de Ariel Sharon já recusou a proposta, justificando que está longe da realidade recente da região.