Última hora

Última hora

Acusação pede 10 anos de trabalhos forçados para Khodorkovski

Em leitura:

Acusação pede 10 anos de trabalhos forçados para Khodorkovski

Tamanho do texto Aa Aa

O antigo patrão da Iukos, Mikhail Khodorkovski, pode passar 10 anos num campo de trabalhos forçados. Foi essa a pena pedida pelo Ministério Público russo, esta terça-feira, no julgamento do magnata. Khodorkovski é acusado de evasão fiscal e terá lesado o Estado em cerca de 26 mil milhões de dólares, o equivalente a 20 mil milhões de euros.

As alegadas dívidas da Iukos levaram à venda, em hasta pública, da principal divisão do grupo, a Iuganskneftegaz. Esta unidade, agora nas mãos do grupo estatal Rosneft, ameaça processar a antiga casa-mãe e pede uma compensação de cerca de 1,5 mil milhões de euros. Essa soma terá origem em entregas de petróleo, feitas entre Julho e Dezembro do ano passado, que alegadamente não terão sido pagas. A Rosneft tem já um outro processo com a Iukos, onde pede 8,5 mil milhões de euros. Entretanto, nesta guerra de processos, a Iukos tem também uma acção contra a Rosneft e alega que o leilão, feito em Dezembro, foi organizado em condições ilegais.