Última hora

Última hora

Sismo no sudeste asiático provoca "onda" de medo

Em leitura:

Sismo no sudeste asiático provoca "onda" de medo

Tamanho do texto Aa Aa

Vaga de pânico, mais do que de destruição, em resultado do violento sismo desta noite ao largo da ilha de Samatra, na Indonésia. O abalo, com magnitude 8.7 na escala de Richter, teve o epicentro cerca de 1400 km a noroeste da capital indonésia, Jacarta, e foi sentido na Tailândia, na Malásia e em Singapura.

Segundo os dados disponíveis, a ilha de Nias é a mais afectada pelo maremoto. As autoridades indonésias avançam um número de mortos entre as mil e as duas mil pessoas. Para além da Indonésia, a Malásia, a Tailândia, a Índia e o Sri Lanka emitiram alertas de tsunami, que por precaução se estenderam ainda a Madagáscar e à ilha Maurícia. Só estas duas últimas ilhas, junto à costa africana, é que ainda não estão livres do perigo de serem atingidas por ondas gigantes. O governo português disponibilizou duas linhas telefónicas para dar e receber informações sobre os cidadãos nacionais que se encontram no sudeste asiático. A 26 de Dezembro, o tsunami provocado por um sismo com magnitude 9 na mesma região fez mais de 270 mil mortos e desaparecidos.