Última hora

Última hora

Polícia israelita interroga oligarca russo

Em leitura:

Polícia israelita interroga oligarca russo

Tamanho do texto Aa Aa

A maior investigação sobre branqueamento de capitais em Israel levou a polícia a interrogar o milionário russo, Vladimir Gusinsky, esta quarta-feira, depois de o interpelar ontem à chegada ao aeroporto de Jerusalém.

Segundo as autoridades, o oligarca, exilado em Israel e regressado dos Estados Unidos, deslocou-se a uma esquadra nos arredores de Telavive para ser ouvido pela polícia que investiga crimes internacionais. O antigo patrão da televisão russa NTV, assim como outros 200 clientes do maior banco israelita, Hapoalim, são investigados por alegadamente terem recebido nas suas contas dinheiro proveniente de actividades criminosas. A polícia suspeita que centenas de milhões de dólares foram assim branqueados na agência 535,dedicada a investimentos internacionais. Gusinsky nega as acusações, que pesam ainda sobre outro oligarca russo, o grande accionista da petrolífera Iukos, Leonid Nevzlin. Vladimir Gusinsky, empresário influente dos tempos de Boris Ieltsin, é procurado pelas autoridades russas, sob a acusação de fraude e apropriação de património do Estado, à semelhança dos restantes oligarcas.