Última hora

Última hora

Milhões de peregrinos acorrem a Roma

Em leitura:

Milhões de peregrinos acorrem a Roma

Tamanho do texto Aa Aa

Roma transformada em fortaleza para as exéquias de João Paulo II, espera a chegada de mais de dois milhões de peregrinos. As autoridades italianas anunciaram a mobilização de vários milhares de polícias para garantir a ordem pública e a protecção de centenas de personalidades vindas de todo o mundo para o funeral do Papa, como é o caso de George Bush.

Um mar de gente que obriga ao reforço das medidas de segurança e à disponibilização de locais públicos para alojamento. Os serviços de protecção civil terão de coordenar todos os aspectos desta operação onde, para um bom acolhimento, as autoridades locais prevêem comida, camas, transportes, assistência-médica e segurança para os fiéis. Escolas, pavilhões e mesmo o Estádio Olímpico, uma das maiores estruturas desportivas, vão alojar os peregrinos. Em alguns destes locais serão instalados ecrãs gigantes para o dia do funeral de João Paulo II. O receio de atentados entrou em linha de conta na montagem do dispositivo de segurança que se estende a estações de comboios, aeroportos, linhas de autocarros e portos. O espaço aéreo será vigiado por aviões de caça e helicópteros. Entre 10 a 15 mil homens estarão de olhos e ouvidos concentrados na capital italiana, meios reservados normalmente para eventos extraordinários como desastres de grandes dimensões. As autoridades locais terão ainda de prever estruturas sanitárias e garantir o fornecimento de água a toda esta gente, durante os próximos dias.