Última hora

Última hora

2° anos após a queda de Saddam: iraquianos manifestam-se pelo fim da ocupação americana

Em leitura:

2° anos após a queda de Saddam: iraquianos manifestam-se pelo fim da ocupação americana

Tamanho do texto Aa Aa
“Não à América, não a Saddam, sim ao Islão”, o mote da manifestação convocada pelo líder xiita radical, Moqtada al-Sadr, no 2°aniversário da queda de Saddam Hussein. Na praça Ferdaous (praça do Paraíso), onde há 2 anos a estátua de Saddam foi derrubada perante o olhar das câmaras do mundo inteiro, milhares de Iraquianos protestaram contra a ocupação americana exigindo que o antigo ditador seja rapidamente julgado. É a maior manifestação dos últimos 2 anos em Bagdade. O escândalo das sevícias na prisão de Abu Ghraib e os mais de 10 mil detidos iraquianos nas mãos das tropas norte-americanos estão bem vivos na memória de um país que 10 semanas após as eleições ainda não tem um governo completo. O julgamento de Saddam Hussein e de alguns dos seus correligionários deve começar lá mais para o fim do ano. Entretanto um dos principais adjuntos de Moqtada al-Sadr, foi abatido este sábado quando se dirigia de viatura para a manifestação em Bagdade, num dia em que mais 27 iraquianos foram mortos em resultado de ataques em diferentes regiões do Iraque.