Última hora

Última hora

Bruxelas recomenda acordo de associação e estabilização com Belgrado

Em leitura:

Bruxelas recomenda acordo de associação e estabilização com Belgrado

Tamanho do texto Aa Aa

É o primeiro passo da Sérvia-Montenegro na longa via da adesão à Europa: a Comissão Europeia recomendou a abertura de negociações para um acordo de associação e estabilização com Belgrado. Num primeiro tempo, este acordo conduzirá a um reforço das relações políticas e económicas entre a Europa e a antiga República Jugoslava. No futuro, poderá significar a plena adesão – o que, contudo, não deve acontecer antes de 2012.

Um dos critérios avaliados por Bruxelas, para dar início às negociações, foi a cooperação com o Tribunal Penal Internacional (TPI) para a ex-Jugoslávia. Olli Rehn, o comissário responsável pelo Alargamento, congratulou-se pelos “progressos significativos que a Sérvia-Montenegro fez ultimamente” nessa direcção. E, concretizou: “Até agora, só este ano, 12 pessoas acusadas de crimes de guerra já apanharam o avião para Haia.” Quem ainda não o fez foi o antigo general Ratko Mladic e o ex-presidente Radovan Karadzic. Bruxelas quer ver os dois principais suspeitos de genocídio sentados igualmente no TPI e incita Belgrado a continuar a cooperação com Haia. Esta aproximação à Europa deve impulsionar a economia do país, estagnada por uma década de guerra e isolamento. Belgrado espera agora que o crescimento previsto de cinco por cento ao ano atraia novos investidores.