Última hora

Última hora

Humes: O franciscano que pode tronar-se Papa

Em leitura:

Humes: O franciscano que pode tronar-se Papa

Tamanho do texto Aa Aa

O cardeal Claudio Humes é responsável pela diocese de São Paulo, a maior no Brasil e a segunda maior na América Latina. Foi em 1988 que este filho de emigrantes alemães se tornou arcebispo de São Paulo, um verdadeiro desafio tornar-se pastor de oito milhões de almas, entre as quais gente muito rica que viaja apenas de helicóptero e crianças que morrem de fome nas ruas.

“Amar os pobres, ser solidários com os pobres, ajudar os pobres, é este o desafio para a Igreja e para os homens de boa vontade, num mundo em que a riqueza está cada vez mais concentrada” é a sua divisa. Nascido em 1934, em Montenegro, no estado do Rio Grande do Sul, Claudio Humes foi ordenado padre franciscano em 1958. Tornou-se bispo de Santo André em 1975, onde alcançou a experiência pastoral no mundo do trabalho, tendo desempenhado funções de medidador entre os trabalhadores e os patrões das fábricas Volkswagen e Ford. Quando se tornou arcebispo de Fortaleza, em 1996,confrontou-se com o activismo político das Comunidades Eclesiásticas de Base. Nomeado cardeal por João Paulo II em 2001, insere-se na corrente dos conservadores doutrinais, com uma forte preocupação pela justiça social.