Última hora

Última hora

Itália adopta finalmente mandado europeu de captura

Em leitura:

Itália adopta finalmente mandado europeu de captura

Tamanho do texto Aa Aa

Com quase um ano e meio de atraso, a Itália adoptou, finalmente, o mandado de captura europeu – um documento que entrou em vigor em Janeiro do ano passado. Esta terça-feira, os deputados italianos aprovaram o texto, por uma unha negra: 191 votos a favor, 185 contra e 13 abstenções.

A Itália foi o último dos Vinte e Cinco a transpor o documento para a legislação nacional. A Liga do Norte sempre se opôs e acabou por votar contra. O mesmo fez o ministro da Justiça, Roberto Castelli, também ele membro do partido de Umberto Bossi. O mandado de captura europeu foi aprovado pelos chefes de Estado e de governo dos então Quinze, após o 11 de Setembro, e visa agilizar os processos de extradição entre Estados membros. Terrorismo, homícidio voluntário, corrupção, tráfico de drogas, fraude ou branqueamento de capitais são algumas das 32 infracções que estão abrangidas.