Última hora

Última hora

Blair promete estabilidade económica

Em leitura:

Blair promete estabilidade económica

Tamanho do texto Aa Aa

A seis dias das eleições legislativas na Grã-Bretanha, os trabalhistas são dados como vencedores pelas as sondagens. Para assegurar a vitória, Tony Blair tenta jogar a carta da estabilidade económica. O Iraque continua, no entanto, a dominar as discussões, embora o actual primeiro-ministro procure desviar as atenções para a política interna. E é pela economia que quer convencer prometendo “estabilidade económica” se dia 5 de Maio sair vitorioso nas urnas. Esta sexta-feira, os conservadores inauguraram um novo cartaz de campanha onde pedem aos britânicos para apagarem o sorriso de Blair.Os “tories”, que votaram a favor do envolvimento do país na guerra do Iraque, também não conseguiram escapar ao peso do tema quando enfrentavam, em directo, as perguntas do público, no único debate televisivo da campnha em que os três candidatos participaram separadamente. Questionado sobre o que teria feito no lugar de Blair, Michael Howard afirmou que “ teria tomado a mesma decisão apesar da ausência de provas sobre a existência de armas de destruição maciça”. O líder dos conservadores passou o dia nas ruas de Londres em campanha. As sondagens atribuem-lhe 32% das intenções de voto, menos quatro pontos que os trabalhistas. Charles Kennedy, candidato liberal-democrata, foi particularmente aplaudido quanto à sua posição sobre o Iraque. Os liberais apresentam-se como a “verdadeira alternativa aos trabalhistas” tendo excluído desde já qualquer coligação com o Labour.