Última hora

Última hora

Itália e Estados Unidos continuam amigos como sempre

Em leitura:

Itália e Estados Unidos continuam amigos como sempre

Tamanho do texto Aa Aa

As relações italo-americanas não vão sair beliscadas após o caso Nicola Calipari, apesar dos dois países não partilharem as conclusões do inquérito feito à morte do agente dos serviços secretos italianos em Março passado em Bagdade.

O porta-voz da Casa Branca Adam Ereli declarou em Washington que:“Este trágico acontecimento não prejudica, nem transtorna a grande amizade entre os povos norte-americano e italiano. Nem nos impede de trabalhar em conjunto no auxílio ao povo iraquiano”. O chefe da diplomacia italiana Gianfranco Fini justificou o motivo pelo qual os dois países não puderam chegar à mesma conclusão no inquérito: “O Governo italiano não poderia corroborar uma reconstituição que não corresponde à nossa versão dos factos”. Fini anunciou ainda que o relatório norte-americano será publicado nos próximos dias, aclarando a recusa de Roma na partilha de conclusões.Nicola Calipari foi morto por fogo norte-americano no passado dia 4 de Março durante o resgate da jornalista Giuliana Sgrena. O comando norte-americano anunciou na altura que o automóvel em que Calipari e Sgrena seguiam foi alvejado porque, para além de não dar conhecimento dos seus movimentos, a comitiva italiana aproximou-se a alta velocidade de um posto de controlo. Silvio Berlusconi vai na próxima semana ao Parlamento e ao Senado comentar este desenlace, a oposição reclamou a retirada imediata das forças transalpinas presentes no Iraque.