Última hora

Última hora

"Sim" francês à Constituição Europeia sobe para os 53%

Em leitura:

"Sim" francês à Constituição Europeia sobe para os 53%

Tamanho do texto Aa Aa

Em França, no meio de uma nova polémica, desta vez sobre o tempo de antena do “sim” e do “não”, é Jacques Chirac que toma a palavra – segundo as regras da campanha, o que o presidente diz não conta para as estatísticas.

Por isso, em Paris, Chirac aproveitou os “Encontros para a Europa da Cultura”, para defender a excepção cultural francesa ao mesmo tempo que defende a Constituição Europeia. “Com o Tratado Constitucional, a legitimidade de cada Estado para definir e conduzir a sua própria política cultural está claramente estabelecida: pela primeira vez, a vocação cultural da construção europeia será elevada ao nível dos objectivos fundamentais da União”, garante. O apoio à Magna Carta europeia começa a reforçar-se, a menos de um mês do referendo em França. A última sondagem dá a vitória ao “sim”, com 53% das intenções de voto. Durante várias semanas, foi o “não” que surgiu como vencedor.