Última hora

Última hora

BMW ultrapassa Mercedes mas teve resultados em queda

Em leitura:

BMW ultrapassa Mercedes mas teve resultados em queda

Tamanho do texto Aa Aa

Os lucros da BMW caíram, no início de 2005. Os resultados do primeiro trimestre, agora publicados, ficaram abaixo das expectativas, com os lucros antes de impostos a caírem cerca de 4,5 por cento, para os 812 milhões de euros. A queda nos resultados do grupo foi motivada pela divisão automóvel, o núcleo da BMW.

O preço elevado das matérias-primas foi o principal factor que levou a estes números, a par da cotação elevada do euro face ao dólar, já que os Estados Unidos são o principal mercado da marca alemã. Desde o final de 2004, os activos da BMW baseados em juros e taxas de câmbio perderam quase um terço do valor. As contas da BMW sofreram também com os custos do lançamento de novos modelos, nomeadamente os novos carros série 3. A marca da Baviera viu os custos ligados às vendas e à administração aumentarem, durante o período. No entanto, conseguiu marcar um ponto importante, ao bater a arqui-rival Mercedes, do grupo DaimlerChrysler, em termos de vendas. Foi a primeira vez, em dez anos, que tal aconteceu. As notícias fizeram as acções da BMW subir, na bolsa de Frankfurt.