Última hora

Última hora

Cinéfilos europeus compraram mil milhões de bilhetes em 2004

Em leitura:

Cinéfilos europeus compraram mil milhões de bilhetes em 2004

Tamanho do texto Aa Aa

Mais de mil milhões de bilhetes de cinema foram vendidos em toda a União, no ano passado. São boas notícias para o sector, que regista assim um aumento de seis por cento face ao ano anterior.

Para estes números muito contribuíram os dez novos membros da Europa: Na Letónia, por exemplo, foram vedidos mais 45% de bilhetes do que no ano anterior – em números reais, os letões compraram um milhão e meio de ingressos. Quantidade ínfima, comparada com os 194 milhões vendidos em França, que representaram um aumento de 12,3 por cento. Ainda na Europa ocidental, também a Itália (9,5%), a Alemanha (5,2%), a Espanha (4,7%) e o Reino Unido (2,4%) registaram subidas importantes. No entanto, em países como a Finlândia, a Suécia ou a Holanda as vendas de bilhetes recuaram entre dez e sete por cento, face a 2003. Quanto a Portugal, e devido à mudança do sistema informático das bilheteiras, não há dados comparativos face ao ano anterior. Estes são dados do Observatório Europeu do Audiovisual, que dá conta também que os filmes americanos continuam a ter a preferência dos cinéfilos europeus. Quase três quartos dos filmes vistos na Europa (71,4%) vêm de além-Atlântico. Afinal, entre os dez sucessos de bilheira do ano passado nove são americanos: a co-produção europeia “O novo diário de Brigit Jones” surge em décimo lugar da lista, que é encabeçada por “Shrek 2”.