Última hora

Última hora

Putin homenageia Exército Vermelho

Em leitura:

Putin homenageia Exército Vermelho

Tamanho do texto Aa Aa

Moscovo prefere ignorar polémicas sobre a ocupação soviética, com Vladimir Putin a responder indirectamente ao presidente dos Estados Unidos.

O presidente russo inaugurou um monumento à glória dos soldados do Exército Vermelho e celebrou a vitória sobre o nazismo e a libertação dos países da Europa de Leste. Cerca de 27 milhões de soldados e civis russos morreram durante o conflito. Os russos celebram a rendição alemã só na segunda-feira, 9 de Maio, por causa da diferença horária em relação a Berlim. Uma grande parada militar na Praça Vermelha é o pináculo das comemorações com a presença de mais de 50 responsáveis políticos de todo o mundo e algumas ausências notáveis como é o caso de Tony Blair. Cerca de 20 mil polícias e mais de nove mil reservistas formam um dispositivo de segurança impressionante na capital russa, o que faz com que os turistas se sintam descontraídos. Mas os moscovitas queixam-se de um certo exagero securitário na cidade, mesmo compreendendo a necessidade do momento. E não é para menos. Mosocovo vai receber mais de 7 milhões de visitantes para assistir às celebrações e os cidadãos russos foram prendados com uma ponte de quatro dias feriados até à próxima terça-feira. Três aeroportos estarão encerrados e as estradas de acesso à capital estão todas bloqueadas.