Última hora

Última hora

Bush e Putin demonstram amizade resistente a polémicas

Em leitura:

Bush e Putin demonstram amizade resistente a polémicas

Tamanho do texto Aa Aa

Entre a Letónia, primeira etapa, e a Geórgia, a derradeira, o presidente americano passou por Moscovo. George W. Bush e o homólogo russo, Vladimir Putin, puseram de lado as divergências e polémicas dos últimos dias.

A amizade entre ambos, baseada nos interesses comuns no combate ao terrorismo, parece intacta, apesar das críticas à democracia russa, feitas pela diplomacia americana, e de George W. Bush ter apoiado os países bálticos na polémica que mantêm com Moscovo por causa da ocupação soviética após a Segunda Guerra Mundial. Durante as horas em que permaneceu na Rússia, Bush não deixou de embaraçar o seu anfitrião. Esta segunda-feira, o presidente americano reuniu-se com representantes da sociedade civil, entre eles, defensores dos direitos humanos. Entre jantares e passeios em carros históricos, o presidente russo fez de tudo para mostrar que as relações entre os dois países são sólidas, mas teve de ver Bush partir para a Geórgia. Tbilissi saiu da esfera de influência de Moscovo após uma revolução e a Geórgia e aRússia mantêm agora um diferendo devido as bases russas em território georgiano.