Última hora

Última hora

A imagem de Putin ganha com as comemorações do dia da Vitória

Em leitura:

A imagem de Putin ganha com as comemorações do dia da Vitória

Tamanho do texto Aa Aa

Moscovo festejou a vitória dos aliados sobre o regime nazi rodeado dos principais líderes políticos mundiais que, por alguns dias, puseram de lado eventuais tensões com a Rússia. Na Praça Vermelha os moscovitas reviveram o 9 de Maio de 1945. As festividades termiram num colorido fogo de artifício depois das tropas russas terem desfilado perante os 50 chefes de Estado que responderam ao convite de Vladimir Putin.

Num discurso aos veteranos, mas dirigido sobretudo à comunidade internacional, Putin afirmou que a histórica reconciliação entre a Rússia e a Alemanha, depois da II Guerra Mundial, foi um dos acontecimentos mais importantes do pós-guerra e um digno exemplo para a política mundial contemporânea.

Para os russos, a Segunda Guerra é referida como a “Grande Guerra Patriótica”, durante a qual o império soviético perdeu 27 milhões de pessoas, entre militares e civis. Foi no túmulo do soldado desconhecido que os convidados de Vladimir Putin depositaram flores. Manifestações que tentam mostar uma normaldade de relações ainda que no âmbito desta visita, George Bush tenha encontrado vários representantes de ONG’s e defensores dos direitos humanos e as denúncias não abonam a favor da política conduzida pelo Kremlin cujo autoritarismo preocupa o Ocidente.