Última hora

Última hora

Memorial do Holocausto inaugurado hoje em Berlim

Em leitura:

Memorial do Holocausto inaugurado hoje em Berlim

Tamanho do texto Aa Aa

Berlim inaugura, esta terça-feira, o Memorial do Holocausto, em Berlim. A construção do monumento, que tem como objectivo relembrar os judeus assassinados durante a segunda guerra mundial, custou perto de 28 milhões de euros e começou no dia 27 de Janeiro de 2000.

O presidente do Bundestag, a câmara baixa do parlamento alemão, Wolfgang Thierse, afirmou em conferência de imprensa ter esperança de que “o memorial não vai ser visto como um lugar onde é agradável estar, mas um local que servirá de espaço de reflexão”. Para o arquitecto americano que realizou o projecto a sua intenção não foi a de construir um monumento que evocasse um cemitério, mas um local de esperança. Em conferência de imprensa, Peter Eisenman afirmou que as pessoas têm o direito de dizer o que pensam do monumento, independentemente de acharem que se parece com “um conjunto de túmulos, fundações de um edifício ou mesmo uma nave espacial”. Uma resposta às várias críticas que têm sido feitas ao monumento, nomeadamente as do escritor Rolf Hochhuth que não escondeu o seu descontentamento pelo facto de os nomes dos seis milhões de judeus exterminados pelos nazis não estarem presentes no memorial. Esta inauguração coloca um ponto final num debate com 20 anos sobre o objectivo e o tipo de construção do monumento. O projecto de Peter Eisenman foi aprovado pelo parlamento alemão em 1999.