Última hora

Última hora

ST Microelectronics elimina 3000 postos de trabalho

Em leitura:

ST Microelectronics elimina 3000 postos de trabalho

Tamanho do texto Aa Aa

O grupo franco-italiano de fabrico de microchips ST Microelectronics (STM) vai eliminar 3000 postos de trabalho até meados do próximo ano. Esta redução do quadro faz parte de um plano de reestruturação, causado pela cada vez maior concorrência no sector, o que tem prejudicado as vendas do grupo. A STM prevê reduzir os custos em 70 milhões de euros por ano.

Com uma facturação, no ano passado, de 6,9 mil milhões de euros, a ST Microelectronics ocupa o quinto posto mundial dos fabricantes de microchips e segundo europeu, depois da alemã Infineon, antiga filial da Siemens. A norte-americana Intel, a coreana Samsung e a japonesa Toshiba ocupam os primeiros lugares. a Intel teve em 2004 um volume de negócios mais de quatro vezes superior à da STM. Os resultados do primeiro trimestre de 2005 foram bastante desanimadores, com um prejuízo de 24 milhões de euros, bastante abaixo das expectativas. Os despedimentos agora anunciados vão todos ser feitos fora da Ásia, o que significa que podem afectar os trabalhadores das quatro fábricas em França e das três em Itália. A STM tem ainda instalações em Marrocos, em Malta e nos Estados Unidos. A reestruturação deve custar ao grupo entre 80 e 100 milhões de euros.