Última hora

Última hora

Dois olhares diferentes sobre a América em Cannes

Em leitura:

Dois olhares diferentes sobre a América em Cannes

Tamanho do texto Aa Aa

A partir de Cannes, os representantes do cinema europeu lançaram um pedido de socorro quanto à necessidade de financiamento público do cinema. A mensagem foidirigida à Comissária europeia para a Socieade de Informação e dos Media, Vivianne Reding, e a duas dezenas de ministros europeus da Cultura que estiveram presentes neste terceiro dia do Festival Internacional de Cinema.

Na sessão cinematográfica foram apresentados dois olhares diferente sobre a América. O realizador Lars von Trier aborda o tema da escravatura em “Manderlay”, onde levanta questões sobre a Democracia, a Moral e a Justiça. “Uma história de Violência” é a película de David Cronenberg, que denuncia olobby das armas nos Estados Unidos. A segunda semana do Festival abre, assim, com este choque frontal entre o realizador dinamarquês Von Tiers e o canadiano Cronenberg, dois grandes favoritos à Palma D’Ouro.