Última hora

Última hora

Sentença de Mikhail Khodorkovsky é proferida amanhã

Em leitura:

Sentença de Mikhail Khodorkovsky é proferida amanhã

Tamanho do texto Aa Aa

Terminou esta manhã, em Moscovo a leitura do veredicto do magnata russo do petróleo, Mikhail Khodrokovsky. O tribunal considerou Khordorkovsky culpado de sete dos crimes de que vinha acusado e adiou para quarta-feira a leitura da sentença. Detido há 17 meses, Khodorkovsky, de 41 anos, enfrenta várias acusações de crime económico, nomeadamente fraude e evasão fiscal organizada, e em grande escala, e arrisca 10 anos de prisão, a pena pedida pelo ministério público. Mas alguns medias especulam que a sentença poderá ser mais leve.

Khodorkovsky denuncia o processo como uma farsa, opinião partilhada por muitos observadores que vêem nela uma manobra do Kremlin para lhe retirar uma grande empresa nascida das privatizações. As forças da ordem reforçaram, esta manhã, o dispositivo de segurança junto ao tribunal, depois de ontem cerca de 200 pessoas se terem manifestado a favor do ex-patrão da Iukos, entre elas o ex-campeão mundial de xadrês, Gary Kasparov.